Em 17 de junho de 1962, a seleção brasileira conquistou o bicampeonato mundial, após derrotar a Tchecoslováquia por 3 a 1, no Estádio Nacional do Chile, em Santiago. Dois dias depois, Antônio Maria publicou, com exclusividade, em sua coluna no periódico O Jornal, uma carta de Vinicius de Moraes dirigida ao cronista. Na missiva, o poeta fez mais do que uma análise futebolística aguçada: pensando sobre o Brasil, discorreu sobre a frase “Nós somos um país de pessoas”, dita por Antônio Maria, cronista que completaria cem anos em 2021. As homenagens serão conduzidas pelo Portal da Crônica Brasileira.

Rio de Janeiro, 19 de junho de 1962

…comparar aos maiores e mesmo superá-los” – esse Garric não é de nada. É mais um europeu querendo usar os detritos de uma cultura decadente para cima de nós. E…

Entre a solidão no momento de deixar Paris, onde assumira em 1963 o posto diplomático de delegado do Brasil junto à UNESCO, e os planos para sua chegada ao Brasil, Vinicius de Moraes escreve a Tom Jobim sobre o estado de espírito que o deixa inquieto.

Porto do Havre [França], 7 de setembro de 1964

Deixei Paris para trás com a saudade de um ano de amor, e pela frente tenho o Brasil que é uma paixão permanente em minha vida de constante exilado. A…

Entre 1957 e 1959, Otto Lara Resende serviu como adido cultural na embaixada do Brasil em Bruxelas. Durante a temporada belga (além da lisboeta, nos anos 1960, pelo mesmo motivo), reclamava da falta de resposta dos amigos Hélio Pellegrino, Fernando Sabino e Paulo Mendes Campos. Nesta carta/crônica publicada na revista Manchete, o último se dirige ao amigo.

Meu caro Otto, Sei que você está de malas prontas, depois de dois anos e meio na Europa, para retornar ao Brasil, e assim eu não poderia deixar de adverti-lo…

Casado com a atriz baiana Gessy Gesse, sua sétima mulher, o poeta Vinicius de Moraes viveu em Salvador entre 1973 e 1974. Sua moradia na praia de Itapuã, de onde escreve ao amigo Otto Lara Resende, lhe inspirou o poema “A casa”, mesmo título do livro publicado em 1975.

Salvador, Itapuã, 24 de janeiro de 1973

Desse caos sideral de estrelas-guias. Pode ser também: …onde Deus engendra mundos Desse caos sideral de estrelas-guias. Eu acho que, talvez, resgata seja o melhor. Beijos, Vinicius Arquivo Otto Lara…