Recifense, Manuel Bandeira teve atuação singular na poesia brasileira do século XX. Desde sua participação na Semana de Arte Moderna, estabeleceu com outros poetas uma rede da mais alta produção literária. Membro da Academia Brasileira de Letras, é autor de A cinza das horas (1917), Carnaval (1919), Mafuá do Malungo (1948), entre tantos outros títulos.

Propositora e “não artista”, como se definia, Lygia Clark foi um dos principais nomes das artes plásticas brasileiras. Mineira, travou contato com Fernand Léger, Ivan Serpa, Lygia Pape, Amílcar de Castro e Ferreira Gullar, e participou da Opinião 66 e da Primeira Exposição Nacional de Arte Neoconcreta, no MAM/RJ. Também lecionou na Faculdade de Artes […]

Filho do coronel Elias de Paula Andrade, o itabirano Carlos de Paula seguiu os caminhos do pai cuidando e ampliando os negócios da família, fazendo carreira política e até arriscando na produção de cachaça e vinho. Casado com Julieta Augusta Teixeira Drummond Andrade, em 1886, teria 14 filhos, dos quais apenas 6 chegariam à idade […]

Nascida em berço literário – era neta de Julio Ribeiro –, a paulista Elsie Pinheiro colaborou por mais de 50 anos em O Globo, primeiro como repórter, depois como cronista. Também escreveu para a revista O Cruzeiro e outros periódicos. Foi casada com o escritor Orígenes Lessa, com quem teria um único filho, o também […]

Fotógrafo carioca, começou a carreira na revista Manchete e cobriu grandes eventos políticos e culturais de 1950 a 1970. Filho de Vinicius de Moraes e Tati de Moraes, participou do Cinema Novo, assinou a direção de fotografia de filmes de Joaquim Pedro de Andrade, Mário Carneiro e Glauber Rocha. Além de ter fotos suas em […]