Publicada originalmente no Jornal do Brasil de 13 de junho de 1979, com esta carta Nelson Rodrigues reivindicava ao general Figueiredo, presidente do Brasil de 1979 a 1985, a libertação de Nelson Rodrigues Filho, preso desde março de 1972, sob acusação de pertencer ao movimento de guerrilha urbana MR-8.

Nem eu nem você fomos jamais presidentes da República. É pena, porque seria uma experiência tremenda. Às vezes o presidente é apenas uma pose. Isso e nada mais. Entretanto Bismarck, primeiríssimo-ministro, estadista de gênio, solene como se fosse estátua de si mesmo, parecia abaixo do bem e do mal. O estadista não apertava a mão […]