Na histórica edição do III Festival Internacional da Canção, realizado em 29 de setembro de 1968, a canção favorita do público era Pra não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré. A vencedora, no entanto, foi Sabiá, que tem letra de Chico Buarque e música de Tom Jobim. Como Chico estava em Veneza, Tom recebeu sozinho a vaia no final da fase brasileira, e em seguida telegrafou ao parceiro reivindicando sua presença. Chico atendeu o pedido e recebeu, ao lado de Tom, a vaia na grande final da fase internacional.

Rio de Janeiro, 5 de outubro de 1968

Venha urgente. Presença imprescindível. Temos que estar juntos. Preciso de você. Tom Jobim Nota: Telegrama que o Tom me mandou quando tomou (sozinho) a vaia do Sabiá Achados. Organização de…